Calçados e Couro

O volume exportado de calçados e suas partes em valor alcançou US$ 75 milhões, sendo que 80% correspondem a exportações de calçados.

PANORAMA DO SETOR
O setor calçadista e de componentes é um dos que mais geram empregos na Bahia. Com mão de obra qualificada, oferta de matéria-prima e uso de tecnologia em processos e equipamentos, compreende quatro segmentos: as indústrias de calçados (de couros ou de materiais sintéticos); artefatos de couro (bolsas, pastas, cintos, dentre outros); curtumes; e as indústrias de componentes para artefatos de couro e calçados.

A Bahia possui seus pólos produtivos distribuídos em 50 municípios, o que colabora para o desenvolvimento regional do estado e a interiorização do investimento. Composto por mais de 200 empresas o setor emprega aproximadamente 25,4 mil pessoas (5º estado que mais emprega no setor) e possui uma cadeia de fornecedores estruturada e com grande potencial para crescer. Em 2016, a cadeia couro-calçadista baiana, faturou aproximadamente R$ 3 bilhões. (Sebrae, 2017)

O estado é um dos grandes centros produtivos e exportadores do país, ocupando o 6º lugar no ranking de consumo nacional de calçados (5,6%). Ocupa o 5º lugar nas exportações de calçados e componentes do país e o 3º lugar na Região Nordeste entre os estados exportadores.

Crédito: Manu Dias / GOVBA

O volume exportado de calçados e suas partes em valor alcançou US$ 75 milhões, sendo que 80% correspondem a exportações de calçados e 20% a partes e componentes de calçados (Sebrae, 2017). Os principais destinos das exportações baianas e do setor em volume em 2017 foram Argentina (28,3%), Peru (17,4%) e Bolívia (7,2 %). (Aliceweb, 2017)

A proximidade da Bahia com o mercado consumidor reduz os custos de transporte, propiciando um movimento de concentração no estado. Desta forma, somos um grande centro produtivo com grandes empresas do setor instaladas e ainda com alto potencial de atração de outras fábricas de calçados.

Graças ao apoio do Senai/Cimatec, a Bahia dispõe de mão de obra altamente qualificada em todos os níveis profissionais da indústria calçadista. São oferecidos serviços de consultoria, programas de qualificação e aperfeiçoamento voltados para a evolução tecnológica do segmento.

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
• Expansão do mercado de calçados fitness e infantil;
• Produção de artefatos de couro, artigos de luxo para exportação;
• Interiorização dos investimentos;
• Diversificação da matriz industrial do estado;
• Implantação de novas fábricas de calçados e componentes;
• Desenvolvimento da cadeia produtiva: atração de fornecedores de componentes e curtumes;
• Implantação de industrias de embalagens.

 

PRINCIPAIS EMPRESAS INSTALADAS

 

ONDE O SETOR ESTÁ PRESENTE
Os municípios em que as empresas de calçados e componentes estão principalmente localizadas são Jequié, Itapetinga, Vitória da Conquista e Alagoinhas.

Veja no mapa abaixo onde o setor é predominante na Bahia.