HPPC

Com 83 empresas instaladas instaladas no estado, o setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos representa mais de 50% do número de unidades industriais no Nordeste, onde há um parque instalado de 256 empresas. - HPPC

PANORAMA DO SETOR

De acordo com a Abihpec (Associação Brasileira de Perfumaria e Cosméticos), o Nordeste é a região que mais cresce no setor de higiene pessoal, com a média de 5% ao ano, bastante expressiva em relação à média nacional, de 2,5% ao ano. Nesse cenário, a Bahia é responsável por 30% do consumo nacional de cosméticos e desponta como o quarto produtor da cadeia no país. Nossa capital, Salvador, já é a terceira cidade do país com mais salões de beleza.

No estado existem 83 empresas instaladas, representando mais de 50% do número de unidades industriais no Nordeste, onde há um parque instalado de 256 empresas.

O emprego formal no setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos tem crescimento médio de 8,1% ao ano no estado. Isso é resultado de investimentos privados, da ordem de R$ 830,8 milhões, entre 2012 e 2017. O mais expressivo deles é a fábrica do Grupo Boticário, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, com R$ 731,8 milhões.

A cultura de cuidado com a saúde e bem-estar propagada atualmente vem fazendo o público masculino contribuir para o aumento das vendas dos produtos do setor. Com isso, surgem cada vez mais oportunidades para implantação da cadeia produtiva de cosméticos, embalagens e plásticos.

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
• Setor de destaque no mercado nacional e mundial de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos;
• Implantação de industrias fabricantes de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos;
• Mercado em expansão, sendo 4º maior produtor do Brasil e o 1º da Região Nordeste;
• Faturamento de 1,6 bilhão;
• Crescimento médio 5% ao ano.

Crédito: Carol Garcia / GOVBA

PRINCIPAIS EMPRESAS INSTALADAS
ONDE O SETOR ESTÁ PRESENTE
A fábrica de O Boticário foi projetada para atender 80% da demanda da região Nordeste e tem capacidade de produzir 150 milhões de itens/ano.
Veja no mapa abaixo onde o setor é predominante no estado.